Servorredutores cónicos à prova de explosão

Os nossos servorredutores cónicos encontram-se em conformidade com as normas ATEX e pertencem à categoria II. Fiáveis, de longa vida útil e manutenção reduzida, constituem a base ideal para diversas soluções de servoacionamento em ambientes potencialmente explosivos.

Em conformidade com as normas ATEX, disponíveis numa grande variedade de versões e compactos

Servorredutores cónicos à prova de explosão da Série BS.F
A imagem apresenta um servomotorredutor cónico à prova de explosão
A imagem apresenta um servomotorredutor cónico à prova de explosão

A sua aplicação encontra-se num ambiente potencialmente explosivo e necessita de binários na gama de 40 Nm até 1 220 Nm? Nesse caso, recomendamos-lhe os nossos servorredutores cónicos de folga angular reduzida e em conformidade com as normas ATEX da Série BS.F., cujos binários de aceleração admissíveis se encontram consideravelmente acima destes valores.

Com seis tamanhos e cinco variantes de saída, esta série é incrivelmente versátile. De construção compacta, os servorredutores cónicos BS.F garantem uma folga angular reduzida logo nas versões Standard. Opcionalmente, a folga angular pode ser ainda mais reduzida. Devido ao funcionamento isento de desgaste e à conceção resistente das engrenagens, as folgas angulares permanecem reduzidas de forma constante ao longo de toda a vida útil do servorredutor.

Sem motor, apenas meia solução? Nesse caso, utilize o nosso sofisticado sistema modular e combine os servorredutores à prova de explosão da Série BS.F com um servomotor à prova de explosão da sua escolha.

Configure o seu produto personalizado

  • Informações detalhadas sobre o seu produto personalizado
  • Dados CAD e documentação relativos à sua configuração
  • Possibilidade de solicitar um orçamento ou de efetuar uma encomenda diretam
Configurar produto agora

As vantagens

  • Folga angular reduzida

    garantida ao longo de toda a vida útil do redutor através de uma elevada resistência à torção da geometria da engrenagem.
  • Amplo espectro de relações de transmissão

    proporcionado por um estágio de entrada com engrenagens helicoidais de dentes inclinados combinado com um estágio final Hypoid.
  • Combinação perfeita

    graças à flange de fixação B5, que integra a unidade de acionamento de forma otimizada na sua aplicação.

Características

  • Mesmo na versão de folga reduzida com binários de saída de 200 Nm até 18 000 Nm
  • Tipos de proteção certificados:
  • Tampas resistentes a impactos em conformidade com as normas, como a tampa do disco de aperto no redutor
  • Além disso, todos os parafusos se encontram protegidos de modo a prevenir que se soltem por si só
  • O redutor inclui uma chapa de características separada
  • Retentores de elevada qualidade
  • Lubrificante com elevada resistência à temperatura
  • Servorredutores cónicos de folga reduzida em conformidade com as normas ATEX
  • Concebidos para binários de 40 Nm até 1 220 Nm
  • Todas as versões estão equipadas com flange de fixação B5, opcionalmente com possibilidade de fixação por patas e braço de binário (integráveis opcionalmente na aplicação em questão)
  • A folga angular permanece constante ao longo de toda a vida útil do redutor
  • Estão disponíveis cinco variantes de saída:
  • Como versão de servomotorredutor em conformidade com as normas ATEX

Dados técnicos

Servorredutores cónicos à prova de explosão da Série BS.F

Fechar a tabela
Tamanho Classe de binário
Nm
Relação de transmissão
i
Folga angular
`
202 40 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 15 / 20 / 25 6 1) / 3 2)
302 80 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 15 / 20 / 25 / 30 6 1) / 3 2)
402 160 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 15 / 20 / 25 / 30 6 1) / 3 2)
502 320 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 12 / 15 / 20 / 25 / 30 / 35 6 1) / 3 2)
602 640 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 12 / 15 / 20 / 25 / 30 / 35 / 40 6 1) / 3 2)
802 1220 3 / 4 / 6 / 8 / 10 / 12 / 15 / 20 / 25 / 30 / 35 / 40 6 1) / 3 2)
Neste local, disponibilizamos-lhe uma tabela

Áreas de aplicação

Categorias e classificação em zonas das atmosferas potencialmente explosivas
Zonas e atribuição de categorias ou EPL
Zonas e atribuição de categorias ou EPL
  • Aplicações em ambientes com misturas de ar e gás ou ar e poeiras potencialmente explosivos de acordo com a Diretiva 94/9/CE (ATEX), ou desde 20 de Abril de 2016, da Diretiva 2014/34/EU (ATEX)
  • Utilização na categoria II2GD
  • Utilização em misturas de ar
  • E gás (G): nas zonas 1 e 2
  • E poeiras (D): nas zonas 21 e 22
  • Exemplos:
    • Dispositivos de suporte de cargas em armazens automáticos
    • Porticos
    • Lançadores incrementais
    • Máquinas de processamento de pneus, borracha e plástico
    • Transportadores de tela
    • Eixos de deslocação / eixos adicionais
    • Corte, perfuração, soldadura e filmes de relevo, madeira ou plástico

Visitas mais recentes